______Versão on-line do zine Canibal Vegetariano______

Somos loucos apaixonados por rock, buscando sempre divulgá-lo de forma independente, sem jabá e amarras.

terça-feira, 12 de março de 2013

Nem a chuva para o rock'n'roll


Natália Pellicciaro – SMCT
Nem a chuva que caiu sobre Bragança Paulista entre o final da tarde de sábado (09/03) e a noite, foi capaz de parar o segundo dia de ‘Grito Rock Bragança 2013’. O início do evento estava previsto para 16h, mas a forte chuva que caiu em Itatiba dificultou, e muito, a saída da cidade para curtir rock'n'roll.
                Mas apesar dos pesares, a chuva diminuiu e “cair” na estrada foi inevitável. No meio do caminho quase houve desistência, pois a quantidade de água, raios e trovões chegou a preocupar, mas a vontade de curtir rock falou mais alto, o carro ficou na estrada e depois de muito tempo, estávamos no evento.

Natália Pellicciaro – SMCT
Quando a "equipe" do Canibal Vegetariano chegou, duas bandas havia se apresentado, Remascente e Desvio de Conduta. Devido à chuva, não foi possível acompanhar o som dessas bandas. Houve certa preocupação, pois nosso amigo Matias Picon, o Perro Locon, tocou em uma delas.
                Na chegada a Bragança, tudo tranquilo, chuva amena, perfeito para o rock. Mas bastou os paulistanos do Futuro subirem ao palco para que mais água descesse do céu. Muita chuva, mas havia guarda chuvas no local e muitas pessoas curtiram o bom hardcore feito pelo grupo que tem uma garota no vocal e ela faz a diferença, pois consegue agudos incríveis e deixa o timbre da guitarra semiacústica muito diferente.

Natália Pellicciaro – SMCT
A chuva não desanimou nem o público nem a banda que mandou em pouco mais de meia hora muitas canções e a queda de temperatura em nada prejudicou o pessoal que abria roda em frente ao palco. A diversão foi garantida.
                A quarta banda da noite foi a Prole de Americana, os caras tocarão juntos com Dead Kennedys no próximo mês, na cidade deles. O quarteto americano subiu ao palco e mandou ver uma "enxurrada" de riffs guitarrísticos e com muita cacetada na bateria. Uma apresentação simplesmente sensacional.
                Ao final do show da Prole, a chuva parou. Houve intervalo para troca de equipamentos e ansiedade da galera para apresentação dos estadunidenses do Los Crudos. Enquanto eles não subiam ao palco, deu para por o papo em dia, afinal, muita gente do underground estava presente ao evento. Nomes como: Serginho, batera do Leptospirose, Rogério Japa, baixista do Merda, Juninho, baixista do Ratos de Porão, o músico e artista plástico Matias Picon, o vereador da juventude e um dos organizadores do evento, mestre Quique Brown e uma galera da banda Attack Force de Atibaia.

Natália Pellicciaro – SMCT
                Após o papo, a chuva voltou com tudo assim que os Los Crudos soltaram os primeiros acordes no palco. Enquanto mais a chuva caía, crescia o número de pessoas para conferir uma banda muito foda para tocar hardcore. Em pouco mais de meia hora, apenas isso bastou, eles executaram vários clássicos e o vocalista ainda deixou o palco para se misturar à galera que abria roda em frente ao palco. Som honesto, forte, preciso, porrada. Começar o ano de 2013 vendo um show desses, dá para acreditar que o ano promete. No domingo, houve mais bandas, mas o show dos Crudos merecia ser bem digerido, pois não é todo dia que se assiste grátis, uma aula de rock, uma aula da hardcore. Muchas gracias Los Crudos.

Neither rain to rock'n'roll

Neither rain that fell on Bragança Paulista between late Saturday afternoon (09/03) night and was able to stop the second day of 'Scream 2013 Rock Bragança'. The start of the event was planned for 16h, but the heavy rain that fell in Itatiba difficult, and much, just outside the city to enjoy rock'n'roll.

Natália Pellicciaro – SMCT
But in spite of everything, the rain subsided and "fall" down the road was inevitable. Halfway there was almost giving up, because the amount of water, thunder and lightning came to worry about, but the desire to enjoy rock spoke louder, the car was on the road and after a long time, we were at the event.
When the "team" of Cannibal Vegetarian arrived, two bands had presented Remascente and Misuse of Conduct. Due to rain, it was not possible to follow the sound of those bands. There was some concern because our friend Matias Picon, the Perro Locon, touched one.

Natália Pellicciaro – SMCT
On arrival at Bragança, all quiet, mild rain, perfect for rock. But it was enough Paulistanos Future take the stage for more water to come down from heaven. Lots of rain, but there were umbrellas on site and many people like the good done by the hardcore group that has a girl on vocals and it makes a difference, because it gets incredible highs and leaves the timbre of the guitar semiacústica very different.
The rain did not dampen neither the public nor the band that sent in just over half an hour many songs and temperature drop did not hurt the people who opened wheel in front of the stage. The fun was guaranteed.
The fourth band of the night was the Prole, of the Americana, the guys play along with Dead Kennedys next month in their city. The American quartet took the stage and told to see a "flood" of riffs and very  guitarrísticos cacetada on drums. A simply sensational presentation.

Natália Pellicciaro – SMCT
At the end of the show of Prole, the rain stopped. There was change interval of equipment and anxiety of the crowd for the presentation of the U.S. Los Crudos. As they ascended the stage, gave a talk on the day, after all, many of the underground was present at the event. Names like: Serginho, drummer of Leptospirosis, Rogério Japa, bassist Shit, Juninho, Bilge Rats bassist, musician and artist Matias Picon, Councilman youth and one of the event organizers, master Quique Brown and the gang banda Attack Force Atibaia.
After the chat, the rain returned with everything so the Los Crudos released the first chords on stage. As more rain fell, the growing number of people to give a banda very cool to play hardcore. In just over half an hour, only that was enough, they performed various classical vocalist and still left the stage to mingle with guys wheel that opened in front of the stage. Sound honest, strong, accurate punches. Starting the year 2013 seeing such a show, can you believe that the year promises. On Sunday, there were more bands, but the show of Crudos deserved to be well digested as it is not every day that you watch for free, a lesson in rock, a lesson of hardcore. Muchas gracias Los Crudos.                

Nenhum comentário: