______Versão on-line do zine Canibal Vegetariano______

Somos loucos apaixonados por rock, buscando sempre divulgá-lo de forma independente, sem jabá e amarras.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Krias de Kafka lançam novo álbum: 'O mundo não acaba nunca'

Adonis Guerra
Os andreenses da Krias de Kafka lançaram há poucas semanas seu novo álbum: 'o mundo não acaba nunca'. Neste novo trabalho, a banda está mais enxuta, pois o que antes era um quinteto, atualmente é um quarteto. A nova formação agradou bastante o vocalista Mateus Novaes que falou sobre o momento da banda e também do mais recente disco.

Canibal Vegetariano: Em maio de 2010 a banda concedeu entrevista para o blog. O que mudou nesses quase três anos? Houve mudanças na formação da banda ou no estilo de tocar?
Mateus Novaes: No geral aprendemos a nos organizar melhor. Estamos ouvindo coisas que não ouviamos antes, e  estamos mais seguros no que fazemos. Em novembro um dos guitarristas saiu por motivos pessoais. Agora somos um quarteto. Já tocamos com a formação "nova" e soou bem. A cada ensaio a coisa está cada vez melhor.

CV: O que é "o mundo não acaba nunca"?
MN: Além de um verso da música "Neu" e o nome do disco, é um tédio de tudo, das repetições, rotinas...Isso fica mais claro no começo de ano: tragédias, mesmices, enchentes. Aí voce pensa: "porra, isso não acaba nunca". Outra leitura possível é a ideia babaca do "bom e velho rock in roll". Essa ideia saudosista, de que só o que passou é legal e tal, ainda é uma coisa recorrente no rock, principalmente entre jovens da nossa região, infelizmente. "O mundo não acaba nunca" também é um jeito da gente mostrar que as coisas continuam,  também por isso gravamos este disco.

CV: Como foi o processo de gravação? Como surgiram as letras?
MN: Foi cansativo, talvez por conta da nossa ansiedade e do tempo de cada um da banda. Mas também foi foda, porque descobrimos muita coisa técnica de estúdio, das possibilidades que ele nos dá. Diferente de como gravamos o ep "sessões desenganadas", que foi entrar gravar e pronto. Dessa vez fomos bem mais cuidadosos com o que realmente queriamos do som. E estamos felizes com o resultado.
As letras na maioria das vezes surgem em blocos de texto. Depois vou juntando aqui e ali, buscando mais som que significado nelas.Quando eu acho que está pronto começamos o processo de "encaixe" nas bases. Até hoje tem funcionado. Os temas não fogem muito do que venho fazendo em poesia: sentimentos gerais, cotidianos, com uma certa preocupação estética, mas nada que chegue a um virtuosismo ou qualquer outra babaquice que não nos interessa.

CV: Quando vocês disseram: "estamos criando um disco". E quando vocês definiram..."está pronto".
MN: Nós entramos no estúdio com as músicas definidas. Umas do comecinho das Krias e outras composições mais recentes. Então ele já entrou no estúdio  "pronto". Talvez o próximo seja diferente, já temos canções novas e quem sabe o disco apareça de outra forma.

CV: Como vocês tem trabalhado a divulgação deste novo álbum? Ele será lançado em formato físico? Vocês pretendem fazer mais shows para divulgação?
MN: Por enquanto nas mídias virtuais, correndo aqui, enchendo o saco de alguém ali... essas coisas que todo mundo que tem uma banda que faz tudo sabe bem. O CD está na fábrica e deve chegar na primeira semana de fevereiro. Depois, com ele nas mãos, é correr para fazermos uma caralhada de shows!!! Tocar é o mais legal do processo todo!

Adonis Guerra

CV: Como vocês sentiram a recepção do público em relação a este novo trabalho?
MN: Cara, foi bem legal para uma banda como a gente. Teve alguns blogs falando do disco, os amigos divulgando, gente que a gente não conhecia comentando. Ficamos felizes, mas queremos dominar o mundo!

CV: Quais os planos da banda para 2013?
MN: Tocar bastante, conseguir pagar as dívidas e alcançar o glamour! Pois o outro lado do rock a gente já conhece bem...haha.

CV: Agradeço pela entrevista e deixo espaço para os comentários finais.
MN: Agradeço em nome de toda a banda por mais uma vez dar uma força pra gente.  E como esta na última canção do disco: "...bestas!!!! uma nova era esta a alvorejar!!!...tem seis mil anos pesando em cima de mim!!!!! STRIPTEASE!!! Abraço e boa sorte pra nós todos!

No link abaixo você pode conferir a entrevista que eles concederam ao blog em 2010.
http://canibalvegetariano77.blogspot.com.br/2010/05/krias-de-kafka-rock-literario-e.html



'O mundo não acaba nunca'

Ouvir o novo trabalho da banda Krias de Kafka faz a pessoa que começa ouvi-lo deixar de lado qualquer rótulo sobre a banda. Eles fazem rock, e ponto!

O novo trabalho dos andreenses soa muito coeso. As guitarras estão no volume ideal, o que permite o ouvinte curtir as boas linhas de baixo e a bateria, com boa equalização, não encobre nem instrumentos nem a voz de Mateus Novaes. As letras também são típicas dos caras, em alguns pontos elas tratam do vazio existencial que há dentro de nós.

Com guitarras, ora limpas, ora mais pesadas e sujas, deixam o clima propicio para tensão, mas sem perder aquela pegada rock e um pontos irônicos, tanto nas melodias como nas próprias letras. O novo álbum da Krias mostra que o rock produzido atualmente vai bem, obrigado, o que falta mesmo é espaço para que as bandas apresentem seus trabalhos.

Se ficou a fim de conhecer o novo álbum, você pode acessar: http://kriasdekafka.bandcamp.com/album/o-mundo-n-o-acaba-nunca. Mas o melhor de tudo, é que está previsto para este mês, o lançamento do trabalho em CD. Segue também o vídeo single dos caras, veja acima, intitulado: "Leila".


Nenhum comentário: