______Versão on-line do zine Canibal Vegetariano______

Somos loucos apaixonados por rock, buscando sempre divulgá-lo de forma independente, sem jabá e amarras.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Noite de gala do hardcore nacional


A noite de 27 de agosto de 2011 com certeza foi uma noite de gala no hardcore nacional, no palco do Bar do Zé, em Barão Geraldo - Campinas - onde duas das melhores bandas nacionais se apresentariam no local, Leptospirose, de Bragança Paulista e Os Estudantes, Rio de Janeiro.
Apesar do calendário apontar que ainda estamos no inverno, a noite parecia de verão e mesmo assim nós do Canibal Vegetariano encaramos os 40 quilômetros que separam Itatiba e Campinas e fomos para o BDZ conferir um som e rever amigos. Quando chegamos ao bar, o recindo ainda estava com pouco movimento e as bandas ainda passavam o som, com isso, só nos restava tomar uma cerveja, trocar ideia e partir para disputa de bilhar.


O tempo passou, a galera foi chegando e a primeira banda a subir ao palco foi Os Estaudantes, banda que em 2010 concedeu entrevista ao Canibal Vegetariano que acabou virando matéria de capa da revista estadunidense Maximum Rock and Roll, que é distribuída em vários países pelo mundo afora.
Os Estudantes subiram ao palco e mostraram canções que estão em três registros lançados pela banda até o momento, e também rolou três músicas inéditas que estarão em lançamento próximo, que segundo o guitarrista Manfrini disse ao final da apresentação deve ocorrer até o final deste ano.

No palco, a banda continua mais entrosada, último show que havia vista foi em outubro de 2009, e esses quase dois últimos anos serviu para os caras deixar o som ainda mais redondo e agressivo e o vocalista Victor continua com o mesmo pique agitando em todos os sons e interagindo com o público. Ao final do show dos cariocas, só nos resta pedir: não demorem para voltar a São Paulo.






LEPTOSPIROSE/ Com a galera mais do que aquecida, o power trio bragantino Leptospirose subiiu ao palco fazendo o primeiro show em terra campineira após o lançamento do terceiro disco, Aqua Mad Max, e nem é necessário dizer que este lançamento agradou o público.



Quique Brown, guitarrista e vocalista como sempre demonstrou muito carisma e agressividade a frente da banda, enquanto Serginho, batera, socava seus tambores e pratos sem dó, no melhor estilo Keith Moon, acompanhado pela precisão de Velhote no baixo, monstrando que a banda é como vinho, quanto mais o tempo passa, mais furiosos e preciso eles ficam.
Ao final das apresentações, só nos restou "ancorar" na banca onde as bandas comercializavam CDs, fitas K7, camisetas entre outros produtos e bater um papo rápido com a galera do Leptos e d'Os Estudantes. Como sempre, trouxemos material para casa e em rápido papo com Manfrini, d'Os Estudantes, soubemos que eles curtiram demais os shows que realizaram na Argentina e que foram muito bem recepcionados pelos hermanos. Após tudo isso, só nos restou uma parada em uma dessas lanchonetes que trabalham 24 horas, comer , jogar conversa fora e seguir por mais 40 quilômetros até nossas casas. Com tudo isso, só nos resta plagiar uma frase de Daniel ETE, baixista das bandas Muzzarelas e Drákula: "...o mundo do rock é lindo...".

Todas as fotos por Fabinho Boss

PS: Este texto está sendo postado em nosso blog por sérios problemas com vírus em nosso site. Em breve voltaremos ao nosso endereço normal.

Nenhum comentário: