______Versão on-line do zine Canibal Vegetariano______

Somos loucos apaixonados por rock, buscando sempre divulgá-lo de forma independente, sem jabá e amarras.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Brasil o país da impunidade?!

Peço desculpas a nossos leitores, mas hoje deixo um pouco de lado nossos temas musicais para fazer um desabafo.

Tem uma música de uma banda chamada Maria Bacana, que os punks paulistanos dos Inocentes regravaram há dez anos que chama-se "Repeat Please", e uma das frases mais legais da letra diz: "Têm dias que a vida parece coca-cola sem gás...", genial. Têm dias que são assim mesmo. Têm dias que você liga o rádio ou a TV ou abre algum jornal e não acredita no que vê, ouvê ou lê.
E o último dia 22 de setembro foi isso mesmo. De repente, o metrô de São Paulo enfrentou problemas que há muito tempo não se via. Pessoas ficaram horas presas nos vagões e algumas precisaram ser encaminhadas ao hospital. Algumas horas depois, Soninha Francine, ex-vj da MTV e apresentadora do RG, na TV Cultura, ex-petista e atualmente membro do PPS, "entra na net" e começa a questionar se o problema ocorreu realmente ou o fato foi premeditado, pois estamos a dias das eleições. Motivo para discussões, mas ninguém repercutiu.



Eduardo Alcantara de Oliveira

 Metrô paralisado em São Paulo. Soninha suspeita de sabotagem

Horas depois, uma forte chuva desaba sobre a várias cidades do Estado de São Paulo e Guarulhos, na Grande São Paulo, foi uma das mais prejudicadas devido a uma forte chuva de granizo que deixou muitas pessoas "ilhadas" e com parte de suas casas destruídas. Dois assuntos que renderiam muito para o fim da noite e para o início da quarta-feira.


Guilherme Kastner/Diário de Guarulhos/Futura Press

Chuva de granizo em Guarulhos. Nós, humanos, com certeza somos os responsáveis pelas mudanças ckimáticas a catastrofes que coorrem, ou não?

Mas, no final da noite, uma notícia sobre o esporte mais popular do planeta e do Brasil, o futebol, virou o motivo de discussões acolouradas nas padarias, pontos de ônibus e na chegada ao emprego. O motivo, a demissão do técnico Dorival Júnior, técnico do Santos Futebol Clube, time que conquistou dois títulos este ano e ainda aspira um terceiro. Ele teria sido mandado embora por punir o que muitos jornalistas esportivos e pessoas em geral consideram um dos melhores jogadores do país na atualidade, o atacante Neymar.
Para quem não sabe, há uma semana, Neymar teria xingado o técnico Dorival e o capitão do time, o zagueiro Edu Dracena, pois o técnico não permitiu que ele cobrasse um pênalti devido ao grande número de erros que ele cometeu nos últimos jogos. Os insultos e xingamentos foram filmados. O assunto repercutiu além da esfera esportiva e ganhou manchete nos principais jornais. Dois dias depois, o técnico ameaçou se demitir caso o atleta não fosse punido de maneira exemplar por não acatar uma ordem hierárquica.
O atleta foi suspenso por tempo indeterminado, não jogou no último domingo e na véspera (ontem) de um clássico regional, o técnico optou por não escalá-lo para que a punição prosseguisse. Poucas horas depois Dorival foi demitido. O atleta está envolvido em polêmicas desde o início do ano, e não foi punido nenhuma vez. O clube teve uma grande chance de ganhar muitos milhões de euros há um mês quando um clube inglês tentou levar Neymar. O presidente não aceitou, aumentou o valor da rescisão, aumentou o salário do atleta. O futebol dele continuou o mesmo, para mim, futebol de um jogador comum, como muitos outros por aí. Muitas pessoas o chamam de jóia, até hoje não sei porque. Mas, opiniões são para serem argumentadas e respeitadas.



Santosfc.com.br

Técnico Dorival Júnior fez um trabalho ético e pregando respeito. Foi demitido por punir atleta, que pensa que é craque, mas não passa de mau educado e indisciplinado

Agora você deve estar se perguntando, o que o país tem a ver com isso? Para mim tudo, aqui, infelizmente é o local em que pessoas mal educadas e sem preparo, e algumas sem caráter, são levadas a sério e tratadas com todo respeito. Enquantos os cidadãos que trabalham e pagam seus impostos em dia e respeitam hierárquias, leis e ordens, são cada vez mais mal tratadas, desrespeitadas. O que ocorreu mostra apenas que as crianças e jovens estão tendo péssimos exemplos e para eles, agir como Neymar será o correto. Dorival foi demitido por fazer um trabalho baseado em ética e honestidade e punindo pessoas que não respeitam a convivência em grupo. Dorival foi demitido porque ele não tem uma multa de milhões de euros. Seriedade e compromisso atualmente não são valores prezados pela sociedade, e sim o dinheiro o o dinheiro que uma pessoa possa render.
Aconteceu com Neymar o que aconteceu com muitos políticos no Brasil nos últimos anos, principalmente no período do governo Lula e como acontece com muitas pessoas ricas que se envolvem em crimes e não são punidas. Os caras que participaram do mensalão, que carregaram dinheiro na cueca ou meia estão presos? Claro que não! Ninguém neste país é punido, aqui é a terra do tudo é permitido quando convém a meia dúzia de pessoas. O Brasil ainda é o país em que ladrões de galinha e de pote de manteiga são presos. O governo, no caso Lula, faz questão de dizer que as pessoas com grande participação nos esquemas de fraude são seus "companheiros". E as recentes acusações de tráfico de influências na Casa Civil? Que punição terá as pessoas envolvidas? E por que o Lula fala tão mal da imprensa?
Com tantos maus exemplos e com tanta impunidade, como podemos pensar que este país um dia será sério e de primeiro mundo? Que motivo tem uma pessoa a ficar dizendo que tem orgulho de ser brasileiro? O título acima é "Brasil o país da impunidade?! Mas acredito que poderia ser "Uma nação de alienados" ou "Uma nação de idiotas". Afinal, o que estamos fazendo para mudar?

Nenhum comentário: